Ministério Público recomenda aumento da frota de ônibus em todo o Entorno

Recomendações vão desde aumento da frota até intensificação de limpeza e higienização constante nos veículos em circulação

Que o transporte público no Entorno do Distrito Federal é um caos, disso ninguém duvida. Há décadas a população sofre com ônibus lotados, quebrados, sujos e tarifas caras. As mais caras do Brasil. Quando a Vian – Viação Anapolina monopolizava o transporte na região, prestando um serviço ruim, a exigência de ampliar a oferta tornou-se a ordem do dia. Após sua falência, outras empresas passaram a operar, mas o que era para ser melhor, mostrou-se pior: as reclamações são diárias.

Nesses tempos de pandemia, os usuários, que estão à mercê de veículos lotados desde sempre, tem mais motivos ainda para se preocupar, pois, com a aglomeração constante dentro e fora dos ônibus, o risco de contágio é alto.

Considerando que a situação é grave, o Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT) em conjunto com o Ministério Público de Goiás (MP-GO), expediram uma recomendação conjunta às empresas de transporte que operam na região do Entorno. O objetivo é garantir a manutenção adequada do serviço e, ao mesmo tempo, a proteção à saúde de passageiros e funcionários que trabalham nessas rotas.

RECOMENDAÇÕES

A Força Tarefa conjunta do poder judiciário que acompanha as ações de combate à epidemia de Covid-19, recomenda que as empresas se abstenham de praticar paralisação total ou parcial dos serviços e restabeleçam imediatamente a circulação de toda a frota de ônibus, sem que haja qualquer redução, durante os horários de pico (das 6 às 9 horas e das 17 às 20 horas) além de ter que aumentar a frota, caso o número de carros não seja suficiente para atender a demanda.

O MP sugere ainda que as empresas criem pesquisas de satisfação do público e canais de denúncia para que o usuário informe a situação do veículo no momento da viagem.

Diante da gravidade da situação, as empresas tem até cinco dias para responder ao documento ao judiciário.

Clique e leia a recomendação: https://www.mpdft.mp.br/portal/pdf/noticias/julho_2020/rec_conjunta.pdf

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.