Cidade Ocidental

Coronavírus: Cidade Ocidental institui lei seca aos finais de semana

A partir deste final de semana, prefeitura coíbe venda de bebidas alcoólicas e funcionamento de bares

O prefeito Fábio Correa, juntamente com o Gabinete de Crise constituído para tomar decisões que minimizem o avanço da doença, determinou medidas de restrição para o comércio em Cidade Ocidental. Fica imposto, por exemplo, o limite de horário de funcionamento até as 20 horas e a adoção da Lei Seca durante os finais de semana.

Segundo a prefeitura, um dos problemas em Cidade Ocidental em relação ao avanço do vírus, não tem sido o funcionamento do comércio, mas as aglomerações em bares e festas privadas. Com a proibição da venda e consumo de bebidas alcoólicas nos fins de semana, o Governo acredita que as aglomerações devem diminuir.

Segundo o decreto 352/2020, os estabelecimentos comerciais ficam proibidos de vender bebidas alcoólicas das 18h de sexta-feira até as 06h de segunda-feira. Em caso de descumprimento, o estabelecimento poderá ter seu alvará suspenso, entre outras medidas que incluem multas e cassação do próprio alvará de funcionamento.

Os locais que funcionam como delivery, por exemplo, serão autorizados a trabalhar com entregas somente até as 23 horas.

DECRETO ESTADUAL

As atuais medidas adotadas pelo governo municipal vieram após conferência virtual do Governo de Goiás com os prefeitos. Logo após, o governador Caiado publicou o decreto que prevê o fechamento de atividades não essenciais e a adoção de um sistema de revezamento das demais atividades econômicas, intercalado entre 14 dias de suspensão e 14 dias de funcionamento.

Segundo Caiado, o decreto foi elaborado com base na ciência, após a Universidade Federal de Goiás (UFG) divulgar novo estudo apontando colapso hospitalar no Estado, no mês de julho, e a perda de 18 mil vidas, até setembro. 

FISCALIZAÇÃO

Para fortalecer a fiscalização sobre as novas medidas, o Governo Municipal determinou ainda a criação de uma força tarefa para rodar o município em todos os seus bairros e no Centro, verificando o correto cumprimento do decreto. Formado pelas Secretarias de Saúde, Assistência Social e Segurança pública, o grupo terá ainda o apoio da Divisão de Posturas, da Guarda Civil Municipal e da Polícia Militar.

O Tenente-Coronel, Anderson Chrisóstomo, comandante do Batalhão da PM de Cidade Ocidental, afirma que, em caso de descumprimento das medidas, o comerciante e o morador podem sofrer sansões penais. “Quem não respeitar a proibição de aglomerações pode ser enquadrado no artigo 268 do código penal. Para isso estamos autorizados pelo Estado a lavrar um Termo Circunstanciado em caso de desobediência ao decreto”, explicou o comandante. (Com informações de Felipe Chiavegatto)

Telefones para denúncias:

  • Ouvidoria Geral: 3605-1180
  • Ouvidoria Whatsapp: 99956-2448
  • Ouvidoria Saúde: 3084-6425
  • Fiscalização de Posturas: 99985-3376
  • Comandante do Policiamento: 99988-6261
  • Viatura Centro: 99998-5753
  • Viatura Friburgo, Nápoles e Araguari: 99607-2580
  • Viatura Mesquita, Jd Edite e Jd ABC: 99617-6065
  • Viatura Rural: 99812-2476
  • Quartel da PM: 3625-1790

Categorias:Cidade Ocidental, Noticias, Saúde

Marcado como:

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.